Definindo Objetivos Claros e Específicos

Bruno Marinho de Sousa

  • Quantos planos de vida e de carreira você tem e não executa?
  • Quando você quer fazer algo, você sabe dizer exatamente o que quer?

Não estranhe as perguntas, mas já parou para pensar se define bem seus objetivos? Por exemplo, se você está na faculdade, ou quer cursar uma, já parou para pensar no motivo? O que espera ter com isso? Tem uma visão clara do seu objetivo?

Ou então, se quer uma casa própria já definiu o tipo de casa, o bairro, valor, quanto tempo levará para pagar? Vai comprar pronta ou irá construir? Se vai construir, já decidiu se será por conta própria ou irá pagar uma empresa para fazer o serviço?

Geralmente não temos clareza quando queremos alcançar algum objetivo ou meta. Muitas vezes falamos ou ouvimos as pessoas dizerem:

  • Nossa, preciso ganhar mais, meu salário não tá dando mais
  • Queria mudar de emprego, não estou satisfeita.

O que você ou as pessoas realmente querem dizer? Um aumento de R$ 1,00 no salário é ganhar mais, é esse o objetivo das pessoas? Sair do atual emprego e arranjar um que pague metade é mudar de emprego. É isso?

Essa falta de clareza resulta em procrastinação 1 e falta de operacionalidade para ir atrás de seus objetivos. Um objetivo operacional é aquele que você consegue entender de forma prática, visualizando os passos (operações) para alcançá-lo e, principalmente, saber quando o atingiu.

Vamos a um exemplo:

Maria trabalha numa empresa de vendas de médio porte. Agora tem a chance de fazer um processo seletivo interno e ser promovida. Para isso terá que comandar uma equipe e sua renda aumentará conforme as vendas dessa equipe. Sua motivação para mudar de cargo vem dos seguintes objetivos: “quero ganhar mais e viajar mais”.

Para nos ajudar, vamos nos valer de uma técnica do Coaching Psicológico e interpretá-la segundo a Psicologia. O nome da técnica é S.M.A.R.T.

S.M.A.R.T.

Então vamos voltar ao caso de Maria. Ora, o objetivo dela é operacional? De forma alguma. Se o aumento de salário for de apenas R$1,00 ela poderá “viajar mais”? Ir para a cidade vizinha, que fica a 10 quilômetros para quem nunca faz isso, é “viajar mais”. É isso que Maria quer? Mas se Maria diz que todo ano quer fazer uma viagem para um país da Europa e um estado brasileiro já fica melhor, não? A partir disso ela já pode ter uma previsão se o aumento de salário será suficiente e, se necessário, pode até mudar seus objetivos.
Vamos ver o objetivo S.M.A.R.T. de Maria:

S.M.A.R.T.

De “ganhar mais e viajar mais” para a figura acima é um grande progresso, não? Além disso, ao ter uma visão clara de seu objetivo, seu comportamento é reforçado toda vez que age para atingi-lo.

Agora vamos entender a técnica em função dos seus objetivos:

S: quando você especifica operacionalmente o que quer, fica mais fácil entender os passos (operações) para atingi-los,
M: quando você sabe a dimensão, pode delimitar os passos e criar objetivos intermediários que indicam que está indo no caminho certo,
A: o objetivo é atraente para você? Está dentro do seu padrão e estilo de vida ou de um padrão que poderá atingir?
R: é possível de ser executado por você? Se depende de outras pessoas, pode contar com elas? Ser campeão de ginástica olímpica para quem tem 50 anos não é impossível, mas não é provável e muito pouco realista,
T: defina um tempo/prazo para executar o objetivos e seus passos.

Definir claramente o objetivo tem um efeito muito importante na sua mente, no seu cérebro: ajuda a evitar a procrastinação. Temos por hábito a avareza cognitiva (evitar gastar energia mental), pois nosso cérebro gosta de rotina porque gasta menos energia. Assim preferimos o que nos faz pensar menos, o que está no automático, deixando as coisas para última hora. Por que fazer agora se posso fazer amanhã?

Procrastinação

Sei que você faz isso ou conhece pessoas que o fazem. É normal. Definir um objetivo de forma clara e específica ajudará a saber o que e como fazer. E estabelecer metas intermediárias e se dar um prazo ajudará a dar uma dimensão temporal ao seu objetivo.

Se você não se dá um prazo, seus objetivos ficam nebulosos e distantes, fica falando que queria isso e aquilo e nunca age. Então pare de desculpas e defina seus objetivos de forma clara, específica e com um prazo.


  1. Procrastinação é atitude de sempre deixar as tarefas para depois, gerando estresse por não realizá-las. Isso pode acarretar em ansiedade e até outros problemas emocionais. 

Um comentário sobre “Definindo Objetivos Claros e Específicos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s