O que causa o comportamento? Os níveis de causalidade dos comportamentos

Bruno Marinho de Sousa

  • Fulano já nasceu com o gênio forte!
  • Ciclana era muito bagunceira quando criança, agora é organizada.
  • Beltrano depois que entrou no karatê mudou muito.

Definir as causas do comportamento é algo extremamente complexo, envolve discussões filosóficas, teológicas, científicas (psicológicas) e, claro, o senso comum. Aqui vamos focar os pontos psicológicos (científicos) que explicam a causa, as origens de nossos comportamentos.

Antes de definir o que causa o comportamento, devemos primeiro defini-lo. Comportamento é a interação entre o organismo (você) e seu ambiente, tanto histórico, social e imediato.

Ao estudar o comportamento, a Análise Experimental do Comportamento (AEC), que é uma abordagem psicológica, se baseia no Behaviorismo, que é uma filosofia sobre o comportamento. Segundo seus princípios, o comportamento possui três níveis de causalidade:

  • Filogenêse,
  • Ontogenêse individual,
  • Ontogênese Sociocultural.

Traduzindo esses termos, temos:

Filôgenese: é a história evolutiva da espécie, no nosso caso, são nossas características fisiológicas e isso inclui os comportamentos reflexos e até alguns padrões comportamentais. Temos dois olhos, duas narinas, uma boca, um cérebro, neurônios, dedos e etc. porque isso está programado no nosso DNA. Observe a imagem para entender melhor o que vou apontar 1. Durante a fecundação do óvulo pelo espermatozoide a programação se inicia, como se fosse, grosseiramente, uma receita de bolo. Nossa formação biológica segue os mesmos passos, da fecundação até a velhice. Veja essa reportagem do Fantástico com Drauzio Vaurella para entender melhor.

Uma característica psicológica que é determinada pela hereditariedade é o Temperamento. Ele se refere a tendências comportamentais e de humor, como emotividade, sociabilidade e o medo. Voltando a nossa frase inicial, o Fulano então já nasceu com o “gênio” forte devido a seleção filogenética.

Filogênese do SNC

Ontogenêse individual: aqui entra nosso exemplo da Ciclana que era muito muito bagunceira quando nova, mas agora é organizada. Nossas aprendizagens durante a vida explicam muito do nosso repertório comportamental. Você não nasceu sabendo falar ou ler em português, mas aprendeu que determinados sons (fala) permitem que você transmita o que sente, consiga algo (pedir água, por exemplo). É a aprendizagem pelas consequências das nossas experiências na interação com o ambiente. As consequências dos nossos comportamentos determinarão sua manutenção ou não. É aqui que se forma a nossa individualidade, nos tornamos diferentes das outras pessoas porque mesmo irmãos criados no ambiente “igual” vivenciam as experiências de forma diferente.  E nossa individualidade está diretamente relacionada com a filogênese explicada anteriormente.

Aprendendo

Ontogênese Sociocultural: nossa cultura e nosso ambiente social também determinam nossos comportamentos. Pela vida em sociedade alguns comportamentos são reforçados e outros não. Os reforçados se mantém, enquanto outros podem ser extintos (desaparecem). Um exemplo prático é o comportamento de ir à igreja. Ele é reforçado pelas pessoas que também vão na mesma igreja, ocorre a socialização, a oração e, cada igreja, tem suas regras comportamentais a serem seguidas. Isso é determinado socialmente por esse grupo, pois em outra igreja os comportamentos a serem seguidos podem ser diferentes. Na determinação sociocultural do comportamento também entra a aprendizagem por observação. Nós observamos a pessoa se comportar e podemos reproduzir um comportamento semelhante. O Beltrano, do exemplo inicial do texto, mudou muito depois de entrar no karatê porque teve que aprender novas regras sociais de comportamento.

religiões


Aprenda mais:

– Comportamento e Causalidade
– O Modelo de Seleção Pelas Consequências: O nível filogenético

Um comentário sobre “O que causa o comportamento? Os níveis de causalidade dos comportamentos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s