Lie to Me e a Ciência das Expressões Faciais

Bruno Marinho de Sousa

Já ouviu falar de Paul Ekman? Não? Ele é o senhor que está na foto abaixo. Mas já deve ter ouvido falar que é possível pegar um mentiroso pela expressão facial, uma careta, ou que um desvio de olhar pode dizer muita coisa.

paul-ekman

Paul Ekman é atualmente o maior estudioso sobre o comportamento não-verbal, o que não usamos as palavras para expressar o que pensamos, basta aquele olhar e pronto, tudo foi entendido. Ele, além disso, é considerado uma das 100 pessoas mais influentes do mundo e também um dos 15 psicólogos mais influentes do século XXI pela Time Magazine.

Ele possui seu Ph.D em Psicologia Clínica (uma área da Psicologia) 1. Foi professor da Universidade da Califórnia São Francisco (UCSF) onde se aposentou em 2004.

ekman-guinea

Resumidamente, sua carreira como cientista começou na década de 1950 com pesquisas em movimentos das mãos e gestos. Depois mudou seu foco para expressões faciais e emoções. Realizou estudos transculturais (quando você compara um determinado comportamento em diferentes culturas) veja a foto acima. Foi a partir disso que ele conseguiu evidências para demonstrar que as expressões faciais, relacionadas a determinadas emoções, são universais 2. Na foto a seguir você pode observá-las: raiva, medo, nojo, surpresa, alegria e tristeza (fácil perceber qual é qual, não?). Alguns estudos apontam outras emoções, mas nesse texto vamos deixar apenas essas.

expressões-universais

165c5a751d56310fdf4af0d017bb28aeAlém de toda importância de seus estudos sobre a universalidade das expressões faciais, Ekman ainda estudou as microexpressões faciais. Elas podem mostrar emoções e falhas no discurso (dizer uma coisa e sentir outra) que não podem ser percebidos facilmente, como no caso das pessoas que tentam disfarçar seus sentimentos. Para estudar as microexpressões faciais, Ekman e sua equipe utilizavam vídeos e analisavam as expressões faciais das pessoas.

A partir desse trabalho foi aberto um campo novo dentro da ciência psicológica. As descobertas de Ekman são utilizadas realmente por agências de segurança, como CIA, FBI (dos Estados Unidos) e Scontland Yard (Inglaterra).

Se achou isso interessante, você pode conhecer melhor o trabalho de Paul Ekman assistindo a série: Lie to Me. O personagem principal, Dr. Cal Lightman, é baseado nele e em seu trabalho (o aspecto científico, não pessoal). As técnicas e interpretações utilizadas na série são baseadas nas pesquisas realizadas por Ekman e seus colaboradores. Além disso, ele ainda deu suporte para o roteiro, para que tivesse um maior rigor científico.

No vídeo a seguir você verá os primeiros minutos do primeiro episódio da série Lie to Me, disponível na Netflix.


Mais informações:


  1. Ph.D é o equivalente ao nosso doutorado. Não caiam no golpe de cursos e pessoas que alegam ter Ph.D como se fosse algo além disso. Toda universidade brasileira está cheia de “Ph.Ds” também. 
  2. Essas pesquisas corroboraram o ponto de vista de Charles Darwin, que postulava a universalidade das expressões das emoções. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s